5 tipos de conteúdo que vão bombar no Google em 2017 → (Parte 1)

O Google é a principal referência em sites de busca no mundo. Nesse contexto, destacar-se no ranking dos resultados de busca para assuntos relacionados a determinado mercado de atuação de uma empresa é fundamental para a competitividade de um negócio.

Mas o que é necessário para um bom ranqueamento? Bem, essencialmente, um bom conteúdo, links relevantes e uma estrutura amigável a buscadores.

Com tantas opções de construção e estrutura de conteúdo, quais seriam as melhores a fazer para se diferenciar em 2017? Analisando o que tem funcionado nos últimos meses e também as tendências do mercado conforme as últimas atualizações do Google, trazemos a seguir os 5 principais tipos de conteúdos que vão bombar no Google em 2017. Anote seus insights, guarde suas sacadas para não perdê-las prepare-se para se destacar no Google em 2017!

O Google está sendo dominado por conteúdo longo

Um estudo da SerpIQ de 2012 demonstrou que conteúdo com 2.400 palavras em média dominava os primeiros lugares do Google. Nesta mesma época, as atualizações Panda e Pinguim varreram dos resultados do Google conteúdos de baixa qualidade. Em 2017 a tendência é que conteúdo longo, de alta qualidade, continue tomando lugar do conteúdo raso e superficial. Preparamos um guia com 5 tipos de conteúdo que farão seu site bombar nos resultados de busca em 2017!

Skyscraping Posts

Que o marketing de conteúdo é uma arma poderosa para você aumentar o tráfego em seu site, é um fato. Entretanto, os conteúdos que vão bombar em 2017 guardam algumas particularidades e inovações, como é o caso dos Skyscraping Posts.

O que são Skyscraping Posts?

Skyscrapers são aqueles arranha-céus, como o Empire State Building em Nova Iorque. Um arranha-céu é um prédio de grandes dimensões, algo que quase toca o céu visto da calçada.

Como transferir essa ideia para conteúdo?

Skyscraping Posts são posts feitos da maneira mais aprofundada e completa possível, com o objetivo de chamar a atenção das pessoas entregando muito valor e muito conteúdo numa só página, ao mesmo tempo em que trabalha um ranqueamento mais sólido através da oferta de conteúdo completo e que retém o leitor.

Qual o objetivo dos Skyscraping Posts?

O grande objetivo da técnica de conteúdo Skyscraping é gerar conteúdos tão maravilhosos e fascinantes que as pessoas não conseguirão resistir e acabarão linkando o material de seu blog no site delas, criando uma rede bastante forte de backlinks – um dos grandes requisitos para o bom ranqueamento no Google

Como fazer Skyscraping Posts?

  1. Pesquise muito

Primeiro de tudo, um dilema: como saber se o seu conteúdo será mesmo épico, ou um épico fracasso? Simples: pesquisando o que já foi produzido sobre o tema e obteve muitos cliques, muitos compartilhamentos e muitos backlinks. Uma das maneiras de fazer isso é observando quais os 10 primeiros resultados da busca do Google: conteúdos populares tendem a rankear melhor.

Analise quais foram os ganchos que fizeram estas páginas merecerem um lugar de destaque. Outra forma avançada é por meio de ferramentas da web como: BuzzSumo, Google News ou Visual.ly. Use-as para entender o que atraiu a atenção das pessoas a ponto delas compartilharem o conteúdo.

  1. Crie o conteúdo mais completo que existe

Agora que você já tem as principais referências da web, começa o trabalho de criação, que deve ser baseado nos seguintes princípios:

Faça mais longo;

Faça mais atualizado;

Faça com maior profundidade de informações e análise;

Utilize dados e informações de fontes confiáveis;

Faça visualmente mais atraente, use gráficos, ilustrações, imagens e diagramas;

Faça mais completo: incorpore vídeos, slides, e-books e o que mais for relevante para a jornada do consumidor.

  1. Espalhe a mensagem

Você pode ficar publicando conteúdo todo o dia. Isso funciona? Obviamente, mas de que isso adiantará se ninguém se interessar em clicar e ler o link? É aí que entra a importância da estratégia de divulgação de Skyscraping Posts. Como fazer isso? Há inúmeras formas, entre elas a mais

relevante é a divulgação por meio de parceiros estratégicos. Só que há um detalhe importante: não é atirar e-mails a esmo, mas sim, contatar dos donos dos blogs que já publicaram aquele conteúdo relevante que você pesquisou na primeira etapa, lembra?

Para selecionar os destinatários ideais de sua mensagem, baseiese em três critérios:

  1. Tem um site em seu mercado ou mercado?
  2. Já demonstrou interesse no assunto sobre o qual você fala?
  3. Já linkaram para um artigo externo no mesmo assunto?

Se a resposta para essas questões for sim, você tem o prospect ideal para impactar com seu Skyscraping Post. Então você envia e-mails a essas pessoas, de forma elegante, simples e educada, faça a proposta de compartilhamento de seu artigo, pois é um material mais completo e aprofundado, e pode ajudar a audiência do destinatário. Este é o tipo de conteúdo de produção mais trabalhosa, mas com grande possibilidade de resultados para você!

Roundup Posts

Um dos pontos de maior destaque no marketing de conteúdo é a construção de autoridade. Uma das maneiras de fazê-lo é com o tempo, realmente fazendo a diferença no mercado e se posicionando como quem tem, de fato, valor para compartilhar com o público.

Uma maneira precisa de se apresentar como referência de autoridade é por meio do tipo de conteúdo que se chama Roundup Posts.

O que são Roundup Posts?

Um Roundup Post é uma coletânea de citações e/ou entrevistas de pessoas influentes em seu mercado. Um post grandão com diversos trechos relevantes sobre um determinado assunto que interessa aos seus seguidores, prospects, contatos, leads, clientes e influenciadores. Cada participante deve ser alguém com autoridade reconhecida na área e ter algo a acrescentar à sua audiência.

É uma ótima estratégia para estabelecer-se rapidamente com destaque na comunidade de blogs de seu mercado. E tem mais: como você está divulgando e linkando essas pessoas, pode ser que queiram ajudá-lo mais adiante, o que abre novas portas para seu negócio (portanto é uma forma poderosa de fazer networking, oferecendo visibilidade primeiro e depois aprofundando o relacionamento).

Quem utiliza este tipo de conteúdo tem conseguido em média 53,8% de respostas positivas, segundo levantamento da Hubspot.

Como criar um Roundup Post?

Alguns pontos são imprescindíveis para fazer deste um conteúdo sensacional e relevante.

  1. Encontre o questionamento certo

Qualquer conteúdo que você vá produzir precisa ser baseado em uma questão, um ponto de partida. Então, pense no seguinte: como você tentará contatar especialistas – em geral pessoas ocupadas – faça sempre uma pergunta objetiva, para que, com uma resposta curta, tudo seja respondido com facilidade.

  1. Encontre os especialistas certos

Pense nas referências de seu mercado. Evidentemente, quanto mais famosos, melhor será seu Roundup Post, mas se não conseguir acesso a esses, não tem problema, destaque o que de mais interessante você conseguiu reunir.

  1. Reúna os contatos dos especialistas

Organize-se com as informações de contato dos especialistas para facilitar a próxima etapa.

  1. Contate os especialistas

Tente mandar os e-mails ou fazer contato ao menos duas vezes. Por exemplo, se você tentou na terça, repita a tentativa na quinta-feira.

Envie e-mails – se for a forma de contato escolhida – bastante claros sobre a sua proposta, com linguagem simples, mas respeitosa. Se você tiver uma aproximação maior, e tiver o contato desses profissionais no LinkedIn, Facebook ou WhatsApp, entre outros, pode ficar ainda mais fácil.

  1. Faça a compilação

Este é o momento da triagem de tudo o que você conseguiu. Simplifique, ressaltando os principais pontos das respostas e, ao final, estabeleça um call-to-action poderoso, convocando o visitante a responder ele mesmo nos comentários sobre a questão proposta.

Este tipo de engajamento pode gerar mais conteúdo relevante dentro do post. Esta técnica é baseado no princípio do UGC: User Generated Content (Conteúdo Gerado pelo Usuário). Isto ajudará a manter a página ou post sempre atualizados e mostrará aos buscadores que há sempre alguma nova linha de texto nos comentários, atribuindo relevância e recência ao conteúdo.

  1. Avise aos especialistas quando o post for publicado

Com tudo pronto, avise gentilmente a todos os especialistas participantes quando seu post estiver no ar. Dessa forma, como provavelmente eles divulgarão o post, isso permitirá que sua marca fique exposta para a audiência vasta e superengajada de muitos destes especialistas.

Se você não tiver sucesso nos contatos, não se abale: faça uma pesquisa de falas públicas dessas pessoas e recorte algumas citações relevantes para seu tema e área. Assim você já consegue começar a construir seu conteúdo com bastante relevância e qualidade.

Não se esqueça de enviar o post a essas pessoas, ao final. Se eles gostarem do que leem, divulgarão você ou ficarão com este contato em mente, abrindo possibilidades futuras de colaborar.

Continue lendo, clique aqui e vá para a parte 2

Sobre o Autor

Este artigo foi produzido pela Nova Escola de Marketing em cooperação com a SEMRush, sob supervisão de Rafael Rez.
Autor do livro “Marketing de Conteúdo: A Moeda do Século XXI”, publicado pela DVS Editora.
Possui MBA em Marketing pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) em 2013.
Fundador da consultoria de marketing digital Web Estratégica, já atendeu mais de 1.000
clientes em 20 anos de carreira. Co-fundador da startup GoMarketing.cloud.
Além de Empreendedor e Consultor, é Professor em diversas instituições: HSM Educação,
ILADEC, Cambury, Febracorp, ESAMC,ALFA, ESPM, INSPER.

5 tipos de conteúdo que vão bombar no Google em 2017 → (Parte 1)
5 (100%) 1 vote